Minas Sustentável

Meio Ambiente, cidades sustentáveis

Aécio Neves viaja para Los Angeles para representar representará os estados brasileiros da região Sudeste na Reunião de Cúpula dos Governadores sobre Clima Global

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, cumpre, a partir desta terça-feira (29), agenda oficial de trabalho por três países, Estados Unidos, Itália e Emirados Árabes. Aécio Neves representará os estados brasileiros da região Sudeste na Reunião de Cúpula dos Governadores sobre Clima Global 2, que acontece em Los Angeles, na Califórnia, a partir desta quarta-feira (30). O encontro reunirá técnicos, empresários, e lideranças políticas para discutir estratégias para estimular o crescimento econômico, a criação de empregos “verdes” e aumentar o uso de energia limpa, com o objetivo de reduzir o efeito estufa causado pela emissão de gases.

Na quinta-feira (1º) o governador Aécio Neves apresentará o painel “Estratégias energéticas para uma economia verde”, com exemplos de programas e projetos de sucesso com soluções para desenvolvimento sustentável da economia. Minas Gerais é hoje referência no Brasil na produção de energia limpa e na recuperação e preservação do meio ambiente.

“É uma forma de mostrarmos um pouco o que temos feito aqui em Minas na questão ambiental. E o Brasil vem ocupando um espaço num tema absolutamente central e para o qual, está preparado para exercer um papel de liderança. Portanto, é um convite extremamente honroso que estarei cumprindo em nome dos mineiros”, afirmou o governador, em entrevista, no Palácio da Liberdade.

Itália e Dubai

Na próxima semana, em Roma, o governador assinará o contrato de transferência de propriedade da companhia de transmissão de energia italiana Terna. A companhia foi adquirida, em abril deste ano, pela Cemig junto ao governo italiano, por R$ 2,2 bilhões.

“Estaremos assinando definitivamente, a transferência da propriedade da Terna, uma empresa hoje ainda sobre o controle do governo italiano para o Estado de Minas Gerais. Estaremos, com isso, agregando valores extremamente expressivos à nossa companhia de energia que já é reconhecida hoje, não apenas pela sua excelência em gestão, mas como uma das empresas mais sólidas do setor e que busca a possibilidade de ampliar os seus ativos”, afirmou.

A Terna atua em 11 estados brasileiros. Com a aquisição, a Cemig passou a ter 85,27% do capital votante e cerca de 65,8% do capital total da Terna Participações. Com a operação, a Cemig ampliou a sua rede de transmissão de energia para 9.508 quilômetros, crescimento de 65%. Além disso, a companhia aumentou a participação no setor de transmissão brasileiro de 5,4% para 12,6%.

Em seguida, o governador preside, a convite da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), missão empresarial mineira em Dubai, nos Emirados Árabes. O governador mostrará as potencialidades de investimentos de Minas a empresários árabes.

30/09/2009 Posted by | Ação Sustentável, Meio Ambiente | , , , , , , | Deixe um comentário

Governo Aécio vai oferecer capacitação para catadores de material reciclado

Cerca de 300 catadores mineiros serão beneficiados com cursos de qualificação social e profissional, voltados para as cadeias produtivas de materiais recicláveis. Os cursos, oferecidos por meio do Projeto Usina do Trabalho, vão beneficiar, inicialmente, 16 municípios e 320 catadores. Os interessados devem procurar a associação ou cooperativa, na qual estejam inscritos para serem encaminhados e realizarem a inscrição em uma das unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine). A previsão é que as aulas comecem em outubro.

Os cursos abordarão os temas: saúde e segurança no trabalho; meio ambiente e sustentabilidade; direitos humanos, sociais e trabalhistas; relações humanas e interpessoais; comunicação; noções de trânsito; orientações sobre a Lei Estadual de Resíduos Sólidos; associativismo e cooperativismo; economia solidária e o trabalho do catador; tecnologia social da reciclagem; logística da coleta seletiva, gestão e logística de um empreendimento produtivo.

A previsão é que a ação seja expandida, em 2010, para outras cidades do interior e mais de 1000 catadores sejam qualificados.

Usina do Trabalho

Criado em 2008, o Projeto Usina do Trabalho, coordenado pelo Governo Aécio Neves por meio Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), tem como objetivo melhorar a qualidade de vida de comunidades carentes e inserir pessoas desempregadas no mercado de trabalho. O investimento para este ano é de R$ 10 milhões. Até agora, aproximadamente quatro mil trabalhadores foram qualificados em 50 profissões diferentes, entre elas pedreiro, bombeiro, eletricista, pintor e costureira.

Cidades beneficiadas

Arcos – ARA (Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Arcoense), rua Prof. Francisco Fernandes, nº 50, bairro Niterói.

Araguari – ASCAMARA (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Araguari), rua 17, nº 100, bairro Independência.

Uberaba – COOPERU (Cooperativa dos Recicladores Autônomos de Resíduos Sólidos e Mat. Recicláveis de Uberaba), av. Francisco Podboy, nº 2055, bairro Distrito Industrial.

Araxá – RECICLARA (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Araxá) – Av. Amazonas, nº 2.325, bairro Amazonas.

Betim – ASCAVAP (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis do Vale do Paraopeba), Av. Inhotim, nº 641, baiirro Progresso 2.

Contagem – ASMAC (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Contagem), rua Três, nº 85, bairro Presidente Kennedy e rua Paranaguá, nº 264, bairro Novo Riacho.

Governador Valadares – ASCANAVI (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis Natureza Viva), BR-116, Km 415, s/n, bairro Turmalina.

Ipatinga – ASCARI (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Ipatinga), rua Macabeus, nº 1042, bairro Canaã

Itaúna – COOPERT (Cooperativa de Reciclagem e Trabalho Ltda), rua João Moreira de Carvalho, nº 1.460, bairro Parque Jardim.

ASCARUNA (Associação dos Catadores de Itaúna), av. Dona Cota, nº 1046, bairro Centro.

Mariana – CAMAR (Centro de Aproveitamento de Materiais Recicláveis), rua: Rubi, nº 127, bairro Colina.

Ouro Preto – ACMAR (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis da Rancharia), Rodovia Rodrigo Melo Franco de Andrade, bairro Nossa Senhora do Carmo.

Pará de Minas – ASCAMP (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Pará de Minas), rua Nova Serrana, nº 1385, bairro Ozanã.

Papagaios – ASCAMRRP (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Papagaios), avenida Coronel Diogo, nº 1073, bairro Nossa Senhora de Lourdes.

Sete Lagoas – ACMR (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Sete Lagoas), rua Alcides Fonseca, s/n, bairro Henrique Neri.

Teófilo Otoni – ASCANOVI (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis Nova Vida), rua Engenheiro Celso Murta, nº 249, bairro Olga Prates Corrêa.

Timóteo – ASCATI (Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis de Timóteo), rua 61, nº 601, bairro Alegre.

30/09/2009 Posted by | Sem categoria | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Centro Mineiro de Referência em Resíduos recebe, em Belo Horizonte, 25ª edição do Infocon Inforuso Sucesu

Entre os dias 28 e 30 de setembro, o Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR) recebe a 25ª edição do Infocon Inforuso Sucesu, o maior evento de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC). O tema será “Tecendo as redes de uma TI sustentável”, que tem como finalidade divulgar práticas ambientais sustentáveis que estão sendo adotadas no setor de TI. Para cada dia de evento é esperado um público de 300 congressistas que poderão fazer suas inscrições gratuitamente no site da Infocon Inforuso (www.infoconinforuso.com.br).

Neste ano, em sintonia com questões econômicas e sociais, o evento abordará assuntos relacionados ao tema TI Verde, que engloba conceitos de sustentabilidade, reciclagem, novas formas de produção, gasto e custo de energia e atitudes responsáveis para com o meio ambiente e a sociedade.

O evento será focado na discussão de como o ambiente de TI pode ser otimizado, reduzindo custos e impactos ambientais, aumentando a eficiência energética e facilitando a manutenção e gerenciamento para os sistemas de infra-estrutura física de TI.

Compondo a programação serão realizadas 15 palestras de diferentes temas como TI Verde; Informática Pública; GRC; Business Intelligence (BI); Soluções para Data Center (Servidores, Virtualização, Monitoração, Segurança, Cloud Computing), entre outras.

Nova ordem mundial

Para o presidente da Sociedade de Usuários de Informática e Telecomunicações de Minas Gerais (Sucesu – MG), Márcio Tibo, a área de TI é um setor transversal que promove a utilização intensiva de recursos e necessita estar preparada para responder aos anseios de uma nova ordem mundial. “A TI Verde deve significar, nas estratégias corporativas, muito mais do que apenas uma troca de equipamentos. Trata-se de uma bandeira, que está sendo levantada em todo o mundo. Pensar verde cria alternativas, que podem ajudar a reduzir o impacto ambiental, por isso a escolha desse tema para a 25ª edição do Infocon Inforuso Sucesu”, explica.

Márcio Tibo explica que tratar o lixo eletrônico, programar as impressoras para imprimir na frente e verso e realizar vídeo conferencias para diminuir o uso de meios de transportes que poluem o ar, fazem parte de um extenso rol de ações que podem ser adotadas. “A busca é pela conscientização de todos e pela mudança ou adoção de novos de procedimentos. Nesse caso até vantagens econômicas podem impulsionar investimentos em sustentabilidade e meio ambiente” acrescenta.

Para o evento, a Sucesu-MG conta com a parceria de importantes empresas como o Comitê de Democratização da Informação (CDI-MG), da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam), Cemig, Ceinfor (Fumsoft, Sindinfor, Assespro e Sucesu), Prodemge, entre outras.

Empresas devem se adequar a lei

A partir da Política Estadual de Resíduos Sólidos, de acordo com a lei estadual 18031/2009 de 12 de janeiro de 2009, as empresas passarão a ser ativas na proteção e melhoria da qualidade do meio ambiente no que se refere a resíduos sólidos oriundos das atividades de TI. Elas deverão promover ações para garantir que o fluxo dos resíduos sólidos gerados pela TI seja direcionado para a sua cadeia produtiva ou para cadeias produtivas de outros geradores. Quem se omitir poderá receber desde uma advertência até multas diárias.

Além disso, um grupo de trabalho, formado pela Feam, e que conta com a participação do CDI Minas como representante da Sucesu-MG, está elaborando, conjuntamente e por consenso, uma minuta de Deliberação Normativa a ser encaminhada ao Conselho Estadual de Política Ambiental de Minas Gerais (Copam), para regulamentar a questão dos resíduos de equipamentos eletroeletrônicos no Estado de Minas Gerais. Um projeto piloto para tratamento deste tipo de resíduo está sendo preparado e a proposta será conhecida durante o 25º Infocon Inforuso Sucesu.

Serviço:

Infocon Inforuso Sucesu 2009

Data: 28 a 30 de setembro de 2009

Local: CMRR – Centro Mineiro de Referência em Resíduos

Endereço: Avenida Belém, 40 – Bairro Esplanada

Informações: (31)3280-3300

28/09/2009 Posted by | Sem categoria | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Astronomia na Serra do Rola Moça é atração a partir da próxima quinta-feira

O Parque Estadual da Serra do Rola Moça, em parceria com a organização Astrocultura, realiza na próxima quinta-feira (1º), a partir das 19h, o evento “Astronomia na Serra do Rola Moça”. A partir dessa data toda quinta-feira de lua crescente haverá o encontro na Unidade de Conservação (UC) destinado a pessoas que se interessam pelo assunto não possuem local adequado para compartilhar suas curiosidades astronômicas.

Segundo o gerente do Parque, Edmar Monteiro, primeiramente ocorrerá uma palestra sobre as novidades no campo da astronomia, conceitos gerais da área, sobre o Ano Internacional da Astronomia e como fazer a observação de astros. “O evento foi criado em comemoração ao ano da Astronomia, mas esperamos que as pessoas se tornem adeptas dessa ciência”, explica o gerente. A partir das 20h, haverá o reconhecimento do céu e observação com telescópios.

A parceria entre Instituto Estadual de Florestas (IEF) e Astrocultura visa promover palestras com dicas relacionadas à astronomia e observação dos astros. Também serão trabalhados assuntos relacionados à poluição luminosa, iluminação irregular nas casas e iluminação pública irregular, fatores que prejudicam a iluminação natural. Monteiro ressalta que a UC é um lugar propício para fazer observações como essa. “Nos centros urbanos existe uma luminosidade intensa que dificulta a visibilidade de estrelas, na Unidade o céu é mais limpo e proporciona condições mais adequadas que em outros lugares para contemplar os astros”, afirma o gerente.

O intuito dos organizadores é que as pessoas que se interessam por esse campo, que tem curiosidade sobre as descobertas e gostam de observar o céu tenham um lugar para que possam compartilhar esse interesse. “É uma oportunidade para aqueles que gostam dos mistérios que o universo oferece e querem se inteirar sobre as novas descobertas, além de terem contato com a UC que está tão próxima da população”, completa Monteiro.

A entrada de acesso ao Parque Estadual da Serra do Rola Moça fica localizada na avenida Montreal, S/N, no Bairro Jardim Canadá em Nova Lima. Para participar do evento é necessário que os interessados se inscrevam previamente pelo telefone (31) 3581-3523.

Ano Internacional da Astronomia

Em 2009 está sendo celebrado o ano da astronomia. A data coincide com o 400º aniversário das primeiras observações astronômicas, feitas com um telescópio por Galileu Galilei, e da publicação de Astronomia nova por Johannes Kepler no século XVII.

O Ano foi declarado pela 62ª Assembleia Geral da ONU. Um regime mundial, estabelecido pela União Astronômica Internacional (IAU), também foi aprovada pela Unesco. A iniciativa é uma oportunidade para os cidadãos de todo o mundo adquirirem um conhecimento mais profundo da astronomia e o seu papel no enriquecimento das culturas.

28/09/2009 Posted by | Sem categoria | , , , , , | Deixe um comentário

Governo Aécio lança sistema de gerenciamento de caronas para servidores estaduais

Governo Aécio Neves lança carana solidária para servidores do Sistema Estadual de Meio Ambiente Foi lançado nesta sexta-feira (25), Dia Nacional do Trânsito, o projeto MelhorAr, um sistema de gerenciamento de caronas que está sendo implantado no Sistema Estadual de Meio Ambiente (Sisema). O objetivo, além de aproximar servidores, é diminuir a emissão de CO2 e minimizar os impactos no trânsito de Belo Horizonte. O evento aconteceu na sede do Sisema.

Durante o lançamento, o subsecretário de Inovação e Logística da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), Thiago Grego, ressaltou a importância do MelhorAr e da efetiva participação dos servidores do Sisema no projeto. “O objetivo é, acima de tudo, gerar uma mobilidade sustentável. Evitar o uso individual de um veículo e priorizar o transporte coletivo”, afirma.

Grego ressalta, também, que o projeto incentiva a carona solidária entre pessoas que moram próximas ou na rota das outras. “Trabalhamos num órgão verticalizado e muitas pessoas desconhecem que o colega mora próximo à sua casa”, explica.

Para Lincoln Paiva, diretor da agência Believe Sustainability, idealizadora do projeto, a mobilidade sustentável está ligada a aspectos econômicos, sociais e ambientais. “Esperamos que o projeto se amplie para que Belo Horizonte se torne uma cidade mais sustentável, com menos poluição. Para isso, precisamos do engajamento dos servidores”, destaca.

Já para o presidente da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), José Cláudio Junqueira, além de minimizar os impactos ambientais, o MelhorAr é um projeto que estimula a solidariedade e o convívio social. “É uma oportunidade de dar carona e conhecer outras pessoas”. Segundo ele, é importante que outras atitudes sustentáveis sejam adotadas pelo Sisema. “Precisamos trabalhar para economizar energia com elevadores e diminuir a emissão de gases provocada pela frota de veículos oficiais”, completa.

Inicialmente, 30 servidores que demonstrarem interesse em participar do projeto serão selecionados para um piloto. Entre os benefícios que vão ser oferecidos para as pessoas que oferecerem carona estão sendo estudados a criação de um banco de horas e a oferta de uma vaga gratuita.

28/09/2009 Posted by | Sem categoria | , , , , , | Deixe um comentário

Centro de Visitantes e do Museu do Chá são as novas atrações do Parque Estadual do Itacolomi

A inauguração do Centro de Visitantes e do Museu do Chá, no Parque Estadual do Itacolomi,  quinta (24), reforça o trabalho de preservação da importância histórica e ambiental da unidade de conservação administrada pelo GovernoAécio Neves por  meio do Instituto Estadual de Florestas (IEF).

A entrega das obras à sociedade fez parte das comemorações da Semana Florestal de 2009. Localizado nos municípios de Ouro Preto e Mariana, na região Central do Estado, o Parque Estadual do Itacolomi abriga valiosas amostras do patrimônio natural da região, como nascentes, cursos d´água e espécimes da fauna e da flora.

O Pico que dá nome à unidade tem uma grande importância na ocupação do Estado, sendo um ponto de referência para os antigos viajantes da Estrada Real que o chamavam de “Farol dos Bandeirantes”, no século 18.

A diretora de Áreas Protegidas do IEF, Nádia Aparecida Araújo, explica que o Centro de Visitantes e o Museu do Chá fazem parte do projeto elaborado para disponibilizar aos turistas e à comunidade da região um espaço de contato com os patrimônios histórico e ambiental.

O projeto inclui ainda a Casa Bandeirista, reformada e inaugurada em abril deste ano e que abriga a Exposição Permanente dos Naturalistas Viajantes, que retrata a passagem de estudiosos europeus à região nos séculos 18 e 19. O projeto de recepção ao turista foi elaborado pela organização não governamental Instituto Terra Brasilis.

O Museu do Chá retrata outro momento importante na história da região de Ouro Preto que, na década de 1930, foi uma grande produtora e exportadora do chá da índia ou preto para a Europa. A Fazenda do Manso, hoje pertencente ao Parque Estadual do Itacolomi, era onde se localizava a plantação, e o Museu o local onde se realizava o beneficiamento.

A exposição inaugurada no Museu apresenta o maquinário, ferramentas e objetos da época mostrando todas as etapas de produção do chá. Fotos e um documentário apresentam a história do produto, desde sua origem na China até a sua introdução na região de Ouro Preto, na Fazenda do Manso.

No Centro de Visitantes, o público tem contato com inúmeras informações e sensações sobre o que existe na unidade de conservação. Filmes e fotos retratam as espécies da fauna e da flora que podem ser encontradas no Parque. Mapas e maquetes permitem uma visão geral sobre o relevo, a hidrografia e a geologia da área. Recursos que aliam tecnologia e criatividade permitem ainda que o visitante sinta o peso de alguns dos minerais que existem na região e até ameaças à biodiversidade, como o calor gerado durante um incêndio florestal.

Solenidade

Na solenidade no Itacolomi, o diretor-geral do IEF, Shelley Souza Carneiro, entregou diplomas de Mérito Florestal às pessoas e instituições que mais de destacaram em 2009 na proteção e desenvolvimento das florestas mineiras. Na categoria produtor rural, o vencedor foi Robson Braga Andrade. O engenheiro agrônomo Antônio Claret de Oliveira recebeu a homenagem na categoria ‘Técnico’ por seus 32 anos de atuação no setor de reflorestamento. Na categoria ‘empresa’, a Arcelor Mittal Bioenergia Ltda. foi escolhida por seus 51 anos de ação no setor. O doutor em Ciência Florestal, Sebastião Renato Valverde, foi o vencedor na categoria ‘Acadêmico’.

Foram ainda assinados dois termos de cooperação técnica entre o IEF e o Sindicato da Indústria do Açucar (Sindaçucar), o Sindicato da Indústria da Fabricação do Álcool no Estado de Minas Gerais (Siamig) e a Associação Mineira de Defesa do Meio Ambiente (Amda), que permitirão ações de recuperação no Norte de Minas. Os documentos estabelecem o compromisso para a formação e de áreas de conexão entre o Parque Estadual Veredas do Peruaçu e a Reserva Particular do Patrimônio Natural Porto do Cajueiro, um trabalho que inclui a recuperação de áreas nas bacias hidrográficas dos rios Carinhanha e Peruaçu.

Na solenidade, também foi apresentado o blog Meio Ambiente (blog.meioambiente.mg.gov.br). O espaço tem o objetivo de construir um diálogo com os usuários sobre a temática ambiental. Além de disponibilizar vídeos, áudios, fotos, textos e comentários produzidos pelo Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, o espaço se propõe a receber colaboração de cidadãos interessados em participar.

A Semana Florestal de 2009 será encerrada no domingo (27), quando serão realizadas atividades de comemoração do aniversário do Parque Estadual da Serra do Rola-Moça, na região metropolitana de Belo Horizonte. Desde o dia 21, atividades vêm sendo realizadas em todo o Estado sensibilizando as comunidades urbanas e rurais sobre a importância do engajamento pessoal na recuperação e conservação das florestas e da biodiversidade.

28/09/2009 Posted by | Sem categoria | , , , , , , | Deixe um comentário

Semana Flroestal 2009 será encerrado com diversas atividades no Parque Estadual Serra do Rola-Moça

O Parque Estadual Serra do Rola-Moça foi escolhido para sediar o evento de encerramento da Semana Florestal 2009 que acontece no domingo (27), dia em que a unidade completa 15 anos de criação. Na programação estão previstos passeios ciclísticos, caminhadas ecológicas, observação de pássaros e palestras. As atividades começam às 8h30, e são voltadas para a comunidade moradora do entorno do parque, mas quem quiser pode participar. A entrada é franca.

De acordo com o gerente do parque, Edmar Monteiro Silva, a expectativa é promover a integração entre a população moradora do entorno com a unidade de conservação. “As atividades foram planejadas afim, também, de integrar a população dos municípios nos quais o parque está inserido. O passeio ciclístico, por exemplo, vai sair do Centro Integrado de Operações, localizado no Barreiro, em Belo Horizonte, rumo ao Brumadinho Gourmet, em Brumadinho”, informa.

Silva ressalta que durante todo o evento serão passadas aos visitantes informações sobre preservação do meio ambiente a fim de promover a conscientização ambiental. Para ele, eventos desse tipo fazem parte da vocação do Rola-Moça. “As ações que serão promovidas no domingo estão relacionadas à principal atividade do parque, que é o Ecoturismo”, diz o gerente.

O Parque Estadual Serra do Rola-Moça é uma das maiores unidades de conservação em área urbana do país. Ele está situado no quadrilátero ferrífero de Minas Gerais, nos municípios de Belo Horizonte, Nova Lima, Ibirité e Brumadinho. Foi criado pelo Decreto Estadual n° 36.071, de 27 de setembro de 1994. Com a aprovação da Lei do Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (9.985), em 18 de julho de 2000, o Parque passou a ser uma unidade de conservação de proteção integral.

Serviço

Encerramento da Semana Florestal 2009

Local: Parque Estadual Serra do Rola-Moça (Saindo de Belo Horizonte, pegar a BR- 040 no sentido Rio de Janeiro. Entrar à direita no Posto Chefão, segunda rua à direita (Montreal), no bairro Jardim Canadá. Prosseguir até a portaria principal do parque. A distância do Posto Chefão ao parque é de cerca de 3 km, em estrada de terra)

Horário: dia 27/09 a partir das 8h30

Informações: 31.3581.3782

25/09/2009 Posted by | Cidadania, Meio Ambiente | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Projeto de educação ambiental é levado até escola em Sabará – trabalho é desenvolvido em unidades que estão na Bacia do Rio das Velhas pelo Governo Aécio Neves

O projeto de educação ambiental “A Terceira Margem do Rio – A juventude pelas águas de Minas”, desenvolvido em municípios da Bacia do Alto Rio das Velhas, estará em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), neste sábado (26) e no dia 3 de outubro, das 8h30 às 17h. Os encontros serão na Escola Municipal Sebastião Tirino, na rua Marieta Machado, s/n, com a participação de 50 jovens.

O objetivo é promover a utilização racional dos recursos naturais e contribuir para efetivação da Meta 2010, que propõe navegar, pescar e nadar no Rio das Velhas. Durante as oficinas, os jovens discutirão sobre políticas públicas de juventude, serão estimulados a criarem ferramentas de comunicação, como revistas e jornais sobre meio ambiente, e aprenderão a construir projetos coletivos para melhorar a qualidade de vida da comunidade e diminuir a geração de resíduos sólidos e o desperdício. Nesse contexto, as palavras repensar, recusar, reaproveitar, reutilizar e reciclar, conhecidas como “os cinco erres”, serão trabalhadas com os jovens, para que reflitam sobre as atitudes cotidianas que podem ser modificadas.

Neste primeiro ano de trabalho, o projeto, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej), por meio da Coordenadoria Especial da Juventude, em parceria com a Ong Leão e o Coletivo Jovem pelo Meio Ambiente de Minas Gerais, atuará nos dez municípios da Bacia do Alto Rio das Velhas. A previsão é de que, até o final do ano, 550 jovens, entre 15 e 29 anos, participem das oficinas e dêem continuidade nas atividades socioambientais através da implantação do Coletivo Jovem de Meio Ambiente na cidade.

Os encontros já aconteceram nos municípios de Ouro Preto, Itabirito, Rio Acima, Raposos e Caeté. As próximas etapas serão em Belo Horizonte, nos dias 24 de outubro e 7 de novembro e Santa Luzia, em 14 e 21 de novembro. Contagem encerrará o calendário de oficinas 2009, nos dias 28 de novembro e 5 de dezembro. Um grande encontro está programado para 10 de dezembro, com o objetivo de interagir os 550 jovens qualificados e trocar experiências.

As aulas acontecem sempre aos sábados. São oferecidas quatro oficinas com duração total de 16 horas/aula. Informações para participar dos encontros podem ser obtidas pelo telefone (31) 3349-2778 ou pelo e-mail dirproj@juventude.mg.gov.br.

25/09/2009 Posted by | Ação Sustentável, Cidadania, Meio Ambiente | , , , , , , , , | Deixe um comentário

MelhorAR MG – Governo Aécio Neves lança projeto pioneiro no Dia Nacional do Trânsito

Nesta sexta-feira (25), data em que se comemora o Dia Nacional do Trânsito, o Governo Aécio Neves por meio do  Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) lança o projeto MelhorAr MG, uma iniciativa pioneira no pais que incentiva a carona corporativa. Os objetivos são reduzir o grande número de carros nas ruas que causam o congestionamento do trânsito e diminuir a emissão de CO2 gerado pelo deslocamento dos servidores públicos do Estado de Minas Gerais. O lançamento do projeto será às 10h, no auditório Sisema – rua Espírito Santo, 495, 4º andar, Centro.

O projeto Melhorar MG é desenvolvido pelo Sisema, em parceria com a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) e o Projeto Ambientação, e trata-se de um sistema de gerenciamento de caronas. Os servidores interessados em participar do projeto devem se registrar no sitehttp://melhorarmg.meioambiente.mg.gov.br, e informar os caminhos utilizados na ida e volta do trabalho e a agenda semanal. Depois, o servidor deve selecionar o link ‘dar carona’ ou ‘pedir carona’ para encontrar outros usuários do sistema com o mesmo perfil de deslocamento.

O subsecretário de Inovação e Logística do Sisema, Thiago Grego, explica que, inicialmente, a Instituição vai trabalhar com um grupo teste composto por 30 servidores. “Nesse período vamos avaliar o sistema e propor todas as adequações necessárias para melhor atender aos participantes”, informa. Thiago Grego destaca que o MelhorAr MG é um esforço do Governo para tornar a mobilidade em Belo Horizonte mais sustentável e deve ser ampliado para outras secretarias. “Além de minimizar os impactos ambientais, a implementação do MelhorAr contribuirá para uma maior integração entre os servidores, estreitando seus laços interpessoais”, complementa.

O diretor da Agência Believe Sustainability, Lincoln Paiva, responsável pelo desenvolvimento do projeto, ressalta que além do gerenciamento da carona, o projeto MelhorAr permite conhecer, em números, os benefícios ambientais dessa iniciativa. “O sistema possibilita o cálculo do CO2 emitido pelo servidor individualmente e conhecer a redução desse indicador após a adesão ao projeto”, afirma.

Lincoln Paiva informa, ainda, que o setor de transportes é responsável por quase 13% das emissões mundiais de Gases de Efeito Estufa (GEE), citando dados do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas. “Segundo o Ministério de Meio Ambiente, o Brasil emite cerca de1 bilhão de toneladas ano de CO2. Só o setor de transportes é responsável por 94 milhões de toneladas de CO2 por ano, 39% deste volume vêm dos veículos leves”, acrescenta.

A experiência do Projeto MelhorAr MG poderá ser adotada por outras instituições públicas ou privadas. Informações sobre o projeto e seus benefícios, além do inventário de CO2 e dicas sustentáveis estão disponíveis no site www.projetomelhorar.com.br ou pelo e-mail projetomelhorar@meioambiente.mg.gov.br.

25/09/2009 Posted by | Ação Sustentável, Meio Ambiente | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Unidade de Conservação Parque Estadual Nova Baden comemora 15 anos

Parque Estadual Nova Baden (PENB), situado no município de Lambari, no Sul de Minas, comemora neste domingo (27) o aniversário de 15 anos da Unidade de Conservação (UC). Neste dia, a entrada do Parque será gratuita e os visitantes encontrarão uma variada programação. As atividades começam a partir das 10h e vão até 17h.

Dentre as comemorações está a exibição de um filme do Promata sobre os investimentos no Parque e do filme “Ilha das Flores”, além de apresentações culturais e palestras de conscientização. Oficinas de sabão feito a partir de óleo reciclado e oficinas de reciclagem voltadas para a confecção de artesanato também integram a programação. Para participar destas oficinas é necessário fazer uma inscrição prévia.

Na ocasião, a UC contará com exposições fotográficas do Parque, exposição de animais empalhados, de materiais e animais apreendidos pela Polícia Militarde Meio Ambiente, e de materiais de combate a incêndios florestais. Além de uma mostra do Projeto Semeando.

A gerente do PENB, Evânia Santana, aponta os espaços interativos como uma novidade atraente e de fácil compreensão para a comunidade. “Teremos salas multimídias com cenários e temáticas tanto otimistas como pessimistas em relação ao meio ambiente”, explica a gerente. Nestas salas serão passados pequenos slides com previsões do que pode acontecer ao planeta caso continue com o processo de degradação e o que pode acontecer se esse processo for freado agora.

Evânia Santana, que está na gerência há três anos, conta que nesses 15 anos o Parque evoluiu e se consolidou perante a comunidade. “Estamos mais integrados à sociedade, as pessoas tem reconhecido a UC como forma de preservação ambiental e não apenas como espaço de lazer”, afirma a gerente.

O Parque passou por reformas e investimentos de R$ 600 mil em sua infraestrutura entre os anos de 2007 e 2008 e conta hoje com um Conselho Consultivo, em sua primeira formação e a elaboração do Plano de Manejo, que segundo a gerente deve ser publicado no fim deste ano. “É muito gratificante presenciar o crescimento do Parque e ver como cada vez mais ele se torna parte importante da região perante a comunidade. O papel do parque é sensibilizar a população para um futuro melhor e estamos conquistando isso”, ressalta Evânia Santana.

Atrativos

O PENB possui infraestrutura para atendimento ao visitante com destaque para o Centro de Visitantes que possui auditório para 90 pessoas, salas para reuniões e posto para a Polícia Militar de Meio Ambiente. O Centro ocupa o casarão que era a sede da Fazenda de Américo Werneck, construído no século XIX. Atualmente, a Unidade recebe cerca de 300 visitantes por mês.

O Parque possui uma área de 214,47 hectares. Várias nascentes existem no interior da mata, sendo a mais importante a cachoeira Sete Quedas. A Unidade conta, também, com a Trilha dos Palmitos e a Trilha dos Troncos onde é possível contemplar as belezas naturais da Unidade, que abriga valiosos exemplares da fauna e a flora da Mata Atlântica.

Um pouco de história

O nome do Parque é uma referência ao alemão Américo Werneck, da cidade de Baden-Baden que, no século XIX, instalou-se na região. Pioneiro em questões ambientais, Werneck era fruticultor e desenvolveu vários projetos de aproveitamento racional das estâncias hidrominerais.

Mais tarde, desgostoso com a política local, partiu e não retornou para reaver suas terras, o que levou o Estado a se apropriar da Fazenda, transformando-a em uma área de proteção ambiental em 1974. O Parque Estadual de Nova Baden foi aberto à visitação em 1995 e foi criado para proteger a biodiversidade e desenvolver condições para a pesquisa, educação ambiental e a prática do ecoturismo.

24/09/2009 Posted by | Sem categoria | , , , , , , , , | Deixe um comentário