Minas Sustentável

Meio Ambiente, cidades sustentáveis

Municípios que compõem a Bacia do Rio Paranaíba participam de seminário sobre melhores práticas para uso do solo

O Governo Aécio Neves, por meio da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), realiza, nesta terça-feira (19), em Patos de Minas, o Seminário de Práticas Conservacionistas. O objetivo é apresentar para produtores, técnicos e demais interessados as opções de manejo e conservação de solos mais adequadas às características e necessidades das propriedades rurais situadas nos 24 municípios que compõem a Bacia do Rio Paranaíba.

O Seminário integra o projeto de delineamento de áreas com potencial erosivo para a Bacia do Rio Paranaíba (PN1–Igam) desenvolvido pela Epamig, em parceria com a Embrapa e com as Universidades Federais de Lavras (Ufla) e Viçosa (UFV). O projeto, que identificou as áreas mais suscetíveis à erosão do solo na região, foi financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) e concluído em novembro de 2009.

A pesquisadora da Epamig, Eliane Maria Vieira, explica que o fato de uma região ser mais propensa à erosão do solo não implica em degradação. “Muitas das práticas que vamos abordar durante o seminário já são utilizadas pelos produtores da região. São medidas de baixo custo, que podem amenizar os impactos ambientais, além de resultarem em economia para o produtor que, ao adotar tais práticas, diminui seus gastos com adubação e correção dos níveis do solo”, completa.

Práticas Conservacionistas

Eliane Vieira informa que a degradação pode atingir o solo em vários níveis. “Durante o seminário abordaremos a erosão laminar, que se dá na camada superior do solo, que é aquela responsável pela condução dos nutrientes. As boas práticas de conservação podem amenizar as perdas naturais desses nutrientes”.

Ainda de acordo com a pesquisadora as práticas conservacionistas de solo se dividem em três categorias principais, as vegetativas, que incluem ações como reflorestamento, manejo de pastagens e plantio direto; as edáficas, que consistem em adubação verde, química ou orgânica, e eliminação e controle das queimadas nas práticas agropastoris; e as mecânicas, que abrangem técnicas de preparo do solo e planejamento do plantio.

As inscrições para o Seminário são gratuitas e podem ser feitas no site da Epamig. Os participantes do evento receberão uma cartilha com esclarecimentos sobre as principais práticas de conversação de solos. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3489-5078 ou pelo e-mail: mailto:eventos@epamig.br.

SERVIÇO:

Seminário de Práticas Conservacionistas

Data: 19 de janeiro de 2010

Horário: 9h

Local: Hotel HZ  – rua Padre Caldeira, 371, Centro – Patos de Minas

Anúncios

14/01/2010 - Posted by | Ação Sustentável, Água, Meio Ambiente | , , , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: