Minas Sustentável

Meio Ambiente, cidades sustentáveis

Programa Minas sem Lixões, criado no Governo Aécio Neves, realiza ciclo de seminários Sustentabilidade na Prática

O programa Minas sem Lixões realizará, no próximo dia 11 de maio, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o “I Encontro Técnico de Operacionalidade de Aterros Sanitários”, dentro do ciclo de seminários “Sustentabilidade na Prática”. O evento, que ocorrerá no Centro de Tratamento de Resíduos Macaúbas, das 8h às 17h, contará com a participação dos gestores ambientais dos municípios mineiros que possuem aterros sanitários ou estão em fase de implantação do empreendimento.

Promovido pela Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) e pela Fundação Israel Pinheiro (FIP), que é parceira do Governo Antonio Anastasia no desenvolvimento do programa Minas sem lixões, o encontro tem como objetivo orientar os gestores para a operação, manutenção e monitoramento corretos dos aterros sanitários, seguindo as normas ambientais. “Um aterro sanitário mal operado causa sérios danos ao meio ambiente e à saúde pública, como a poluição do solo, das águas subterrâneas e do ar”, ressalta Vera Lanza, coordenadora técnica do Minas sem lixões/FIP.

De acordo com ela, o aterro sanitário é uma das técnicas mais seguras e de menor custo para a disposição no solo dos resíduos sólidos urbanos, que devem ser compactados e recobertos com uma camada de terra diariamente. “É fundamental o funcionamento adequado dos sistemas de proteção ambiental, como a coleta e o tratamento do chorume, que é um líquido de cor preta, mal cheiroso e de elevado potencial poluidor, gerado pela decomposição da matéria orgânica”, completa Lanza. Além de palestras com especialistas sobre biogás, consórcios e reciclagem de resíduos da construção civil, a programação inclui visita técnica ao aterro sanitário de Sabará, que também recebe resíduos de Belo Horizonte.

No total, serão realizados pelo programa Minas sem lixões, em 2010, 25 seminários do ciclo “Sustentabilidade na Prática”, voltados para os gestores municipais. As inscrições para o “I Encontro Técnico de Operacionalidade de Aterros Sanitários” são gratuitas e devem ser feitas pelo telefone (31) 3824.7814.

Metas

Em cumprimento às Deliberações Normativas 52/2001 e 126/2008 do Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam), todos os municípios com população urbana superior a 20 mil habitantes devem implantar sistemas tecnicamente adequados de disposição final de resíduos sólidos urbanos. Atualmente, estão em operação no Estado 28 aterros sanitários, que atendem a 44 municípios.

Criado em 2003 pela Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), o Minas sem lixões tem como meta, até 2011, viabilizar o atendimento de, no mínimo, 60% da população urbana com sistemas de tratamento e destinação final adequados de resíduos sólidos urbanos, além do fim dos lixões em 80% dos 853 municípios mineiros. Para alcançar os resultados, o programa conta, desde 2008, com a parceria da Fundação Israel Pinheiro (FIP), que promove diversas ações para orientar os municípios, como a realização do ciclo de seminários “Sustentabilidade na Prática” e a elaboração de manuais técnicos, disponíveis nos sites da Feam (www.feam.br) e da FIP (www.israelpinheiro.org.br).

06/05/2010 - Posted by | Ação Sustentável, Meio Ambiente | , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: