Minas Sustentável

Meio Ambiente, cidades sustentáveis

Governador Antonio Anastasia destaca avanço da sociedade e relação à proteção ao meio ambiente

O governador Antonio Anastasia participou, nesta quinta-feira (7), no Auditório JK, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, do Congresso do Ministério Público de Meio Ambiente da Região Sudeste – Atividades Econômicas e Proteção Ambiental. Na abertura do segundo dia de atividades do evento, promovido pela Associação Brasileira do Ministério Público de Meio Ambiente (Abrampa), o governador destacou a importância da conscientização da população brasileira em relação à preservação do meio ambiente.

“Há algumas décadas não havia conscientização ambiental no Brasil. As pessoas tinham uma consciência ainda primitiva em relação à questão ambiental. Hoje, o quadro é diferente, já percebemos que a sociedade se preocupa mais com o meio ambiente. Quando uma árvore é cortada já existem queixas, algo que não acontecia no passado, e isso é positivo. É claro que ainda não temos um estágio pleno de desenvolvimento nesse sentindo. Precisamos melhorar ainda mais na educação, melhorar os padrões de comportamento, mas a evolução é notável”, disse Anastasia em entrevista.

O Congresso do Ministério Público de Meio Ambiente da Região Sudeste reúne até nesta sexta-feira (8) especialistas das áreas de Direito e meio ambiente para discutir os reflexos provocados pelo desenvolvimento econômico do país no meio ambiente. Também busca fortalecer a atuação do Ministério Público na proteção do patrimônio ambiental. Com o tema “Instrumentos de Proteção ao meio ambiente e compatibilidade econômica”, o congresso terá a participação de membros dos Ministério Público, do Poder Judiciário, parlamentares e ambientalistas. O Governo de Minas é um dos parceiros na realização desse Congresso.

Na solenidade, o governador Antonio Anastasia recebeu de um grupo de procuradoras de Justiça de Minas Gerais, São Paulo, Pernambuco e Ceará, homenagem da Abrampa por ser um gestor moderno e eficiente e pelo comprometimento com a causa ambiental. O governador ressaltou a importância do Ministério Público no debate sobre a preservação do meio ambiente e de outros relevantes temas de interesse da sociedade.

“Este evento reúne dois temas que ficaram bastante fortes depois da Constituição Federal, de 88, que são o Ministério Público e o Meio Ambiente. Antes de 88 não tinham a dimensão, a inserção e a responsabilidade que têm como nos dias de hoje. O Ministério Público se fortaleceu de tal modo que se consolidou como uma das instituições de maior credibilidade que temos no Brasil. Introduziu-se no cotidiano da nossa sociedade, como guardião e defensor dos interesses dos cidadãos”, disse.

Desenvolvimento sustentável

O promotor de Justiça e presidente da Abrampa, Jarbas Soares Júnior, falou sobre a importância de conciliar os temas que envolvem o desenvolvimento econômico e a proteção ambiental, principal questão a ser debatida durante as atividades do Congresso.

“Estamos aqui para discutir um tema que é, de certo modo, velho nos nossos Congressos, mas sempre atual, que é o tema da perspectiva do futuro do desenvolvimento econômico e da proteção ambiental. Não são assuntos antagônicos, mas que precisam ser conciliados com inteligência, sabedoria e visão de futuro”, afirmou Jarbas durante pronunciamento.

O congresso de Belo Horizonte é preparatório para o XI Congresso Brasileiro do Ministério Público de Meio Ambiente, que será realizado em São Paulo este ano. A Abrampa pretende divulgar e debater o Direito Ambiental Brasileiro, as aplicações práticas e os novos rumos do direito ambiental pátrio, as ações e resultados nas entidades públicas e privadas, a proteção do meio ambiente, o desenvolvimento social e sua contribuição para a inserção do Brasil no contexto mundial, além do trabalho das ONGs.

Participaram da solenidade, o procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Alceu José Torres Marques; o procurador-geral de Justiça do Espírito Santo, Fernando Zardini; o secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Adriano Magalhães; e o deputado federal Antônio Roberto (PV-MG).

Anúncios

07/04/2011 - Posted by | Antonio Anastasia, Meio Ambiente | , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: