Minas Sustentável

Meio Ambiente, cidades sustentáveis

Lacerda diz que Escola Plural de Patrus produziu analfabetos

Lacerda: Para o candidato do PSB à prefeitura de Belo Horizonte, Escola Plural do PT levou milhares de jovens ao analfabetismo.

Lacerda: Escola Plural

 Lacerda diz que Patrus produziu analfabetos

Lacerda diz que Patrus produziu analfabetos

Fonte: Daniel Camargos – Estado de Minas

Ataque à Escola Plural

Lacerda acusa política educacional implantada pelo PT de levar centenas de milhares de jovens ao analfabetismo e se orgulha do resgate do boletim

Durante encontro com dirigentes de entidades esportivas no Salão de Festas do Minas Tênis Clube (MTC), ontem, o prefeito Marcio Lacerda (PSB), candidato à reeleição, criticou a Escola Plural, modelo pedagógico adotado durante a gestão de seu principal adversário, Patrus Ananias (PT). ”Levou centenas de milhares de jovens para o analfabetismo na nossa cidade nos últimos 20 anos”, acusou Lacerda. A frase foi dita quando o prefeito explicava a intenção de ampliar as competições esportivas entre as escolas municipais.

Lacerda explicou que quando a Escola Plural foi implantada a ideologia era não comparar as pessoas medindo o rendimento escolar. O prefeito disse, ironicamente, que não iria explicar melhor, pois a ideia era complicada. “Acabaram com as competições esportivas, pois não podia ter competição no esporte. Imagina a loucura que é isso?”, questionou Lacerda. O prefeito relembrou que a Escola Plural foi implantada na administração Patrus. “No governo do (Fernando) Pimentel (PT) começou a acabar e eu acabei de vez. A opção por ampliar as competições esportivas escolares ficou para depois, pois o primeiro objetivo foi retomar o boletim. “Os pais não sabiam o rendimento do filho“, frisou Lacerda.

Por meio da assessoria de imprensa, a campanha de Patrus respondeu às declarações de Lacerda. “Quando foi prefeito de Belo Horizonte, Patrus criou 20 mil vagas nas escolas municipais e conseguiu colocar todas as crianças na escola. Reduziu a repetência, que era superior a 50%, e a altíssima evasão escolar, que deixava as crianças na rua”, diz a nota. “Só é possível implantar o boletim escolar porque as crianças estão na escola, o que não ocorria antes de Patrus”, ressalta o texto, que reafirma que se o petista for eleito o boletim será mantido.

Questionado sobre problemas no transporte coletivo, Lacerda afirmou: “Quem usa ônibus em horário de pico nunca vai ter transporte de qualidade“. Não foi a primeira vez na campanha que Lacerda cobrou uma mudança de hábito dos passageiros. Em outra sabatina, quando questionado sobre veículos lotados, ele afirmou: “Isso acontece, muitas vezes, porque as pessoas não querem esperar o próximo ônibus”. Foi a nona edição do evento “Encontro com candidatos”, promovido pelo MTC. Na quarta-feira será a vez de Patrus participar. Lacerda apresentou propostas para a área de esporte e lazer.

Protesto Uma pessoa na plateia, com a camiseta da Ocupação Eliana Silva, no Barreiro, se levantou em protesto por não haver perguntas sobre moradia. No mesmo horário da sabatina acontecia na Câmara Municipal uma audiência pública para debater o movimento. O prefeito admitiu que na habitação a prefeitura não avançou “tanto quanto gostaria”, mas prometeu entregar 7,5 mil unidades de moradias populares até o final do ano, o que corresponde a pouco mais de 10% do déficit habitacional. Lacerda foi enfático ao dizer que considera as ocupações um retrocesso que leva a “favelização” da cidade. “Movimentos como esse trazem pessoas de outras cidades da região metropolitana e até de outros estados. São organizações políticas bem estruturadas, até com apoio internacional, que estão aqui para se colocar contra a política de habitação”, pontuou o prefeito.

Anúncios

14/09/2012 - Posted by | Eleições 2012, Política | , , ,

Sorry, the comment form is closed at this time.

%d blogueiros gostam disto: