Minas Sustentável

Meio Ambiente, cidades sustentáveis

PSDB apresenta nova agenda para mudar o Brasil

Aécio Neves comentou que o PSDB fez o esforço de contribuir para qualificar o debate e propor mudanças para o Brasil.

Eleições 2014

Fonte: Jogo do Poder 

Aécio fala sobre a construção de nova agenda para o Brasil

Nova agenda do PSDB para o Brasil, unidade do PSDB, eleições 2014, José Serra

Entrevista Aécio Neves

Sobre a construção de nova agenda do PSDB para o Brasil
Hoje eu vou falar sobre o tema e relevância que traz todos aqui. O PSDB com esse esforço de interpretar o sentimento dos brasileiros com o qual nos encontramos no Brasil real, não no Brasil virtual da propaganda oficial, faz com que estejamos dando a nossa contribuição para qualificar o debate. Apresentamos propostas e uma leitura clara daquilo que compreendemos ser importante na área econômica, na área do desenvolvimento social e na área da gestão do Estado Brasileiro. Portanto, o Brasil que fez tantos sacrifícios para se tornar um país democrático merece avançar para se tornar aquilo que ainda não somos como país desenvolvido. Tem que ter na largada do ano eleitoral um debate de ideias. Um debate de propostas. Um debate de projetos, pois cada vez mais que aprofundarmos o debate dos temas que serão levantados na campanha eleitoral, mais clara vai ficar a nossa divergência, a diferença profunda da nossa visão de país, papel do Estado, da gestão pública e da compreensão do papel do setor privado, e até mesmo da nossa interlocução com o mundo.

Importância da nova agenda
Eu acho que é uma contribuição saudável que o PSDB dá elencando doze temas para uma agenda que buscará receber sugestões. Estamos disponibilizando no site Conversa com os Brasileiros (http://conversacombrasileiros.com.br/) cada um desses temas. Vamos estabelecer, individualmente, para cada um deles debates pontuais com várias regiões do país para quem sabe, no início do processo eleitoral, esse é o nosso objetivo, possamos ter já o arcabouço daquilo que poderemos chamar de uma agenda para o Brasil. Portanto, isso é fruto de conversas que tive com brasileiros de praticamente todos os estados, de todas as regiões, que têm angústias que são as nossas e que não compreendem como pode haver um ufanismo do governo federal tão grande em um pais em que falta tudo. Falta oportunidade de empregos mais qualificados. Faltam investimentos. Falta infraestrutura e faltam políticas que permitam a superação da pobreza.

Posição na disputa eleitoral

Mais do que nunca é fundamental que o PSDB se posicione. O PSDB é a oposição em adjetivos. Queremos encerrar esse ciclo, que tão mal vem fazendo ao Brasil, e iniciar um outro, onde eficiência e ética possam caminhar juntos.

Sobre declaração de José Serra

Apenas uma palavra em relação à questão Serra. Há uma ideia disseminada de que nós não conversamos. Ao contrário: conversamos muito mais do que muitos imaginam, principalmente vocês da imprensa. É um gesto na direção da unidade partidária. Só que o PSDB tem uma agenda e vai definir o momento de lançamento, a partir da sua direção partidária, ouvindo obviamente cada uma dos estados brasileiros. Não deixo de reconhecer que é um gesto importante na direção da unidade partidária. E é um gesto que eu chamaria de desprendimento do ex-governador que não nos surpreende, principalmente aqueles que têm conversado com ele ultimamente.

Sobre prazo para lançamento da candidatura presidencial

O tempo é do conjunto das pessoas que têm a responsabilidade de formular esse projeto alternativo. Não está definida a candidatura do PSDB. O que eu posso dizer é que se for eu o candidato do PSDB eu serei o intérprete do sentimento de muitos. Não um sentimento meu. E tanto no conteúdo daquilo que nós vamos defender, quanto no tempo e na estratégia para que isso ocorra eu terei que ouvir os companheiros.

Unidade do PSDB

O que posso dizer, reafirmando aquilo que muitas vezes eu disse, por mais que vocês não acreditassem. A nossa unidade é real. Para dissabor e desalento de muitos dos nossos adversários o PSDB vaio estar unido nas próximas eleições. E vai apresentar um projeto claro de alternância, de eficiência na gestão pública. Um projeto ético e ousado. E por isso, vai para o segundo turno e vai vencer as eleições.

Ataques na campanha eleitoral

Vamos cuidar do Brasil. A arma daqueles que estão desesperados certamente é a baixaria. Isso não é novidade, inclusive na história do PT, haja vista os dossiês que a cada véspera de eleição aparecem. Mas isso não muda a nossa rota. O PSDB tem uma responsabilidade não com seus filiados. Não com seus dirigentes. Mas uma responsabilidade com o Brasil. E seremos nós a dizer ao Brasil: Basta de um governo tão ineficiente que tem nos colocado no final da fila dos investimentos e feito com que várias das conquistas principais que vieram lá de trás, como a estabilidade da moeda e a credibilidade do Brasil, se percam. Podem ter certeza que o PSDB estará pronto e combativo para adisputa eleitoral e, acredito eu, vitorioso ao final dela.

Anúncios

18/12/2013 - Posted by | Política | , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: