Minas Sustentável

Meio Ambiente, cidades sustentáveis

Aécio: senador recebe apoio de quatro partidos nanicos

PMN, PT do B, PTC e PTN formalizaram a adesão à Aécio, mas, juntas, não somam nem um minuto a mais na propaganda política do senador.

Eleições 2014

Fonte: Folha de São Paulo

Leia também:

Aezão: Aécio tem apoio de 60 prefeitos do PMDB no RJ

Aécio ganha apoio de quatro siglas nanicas

Partidos que anunciaram apoio ao tucano devem agregar 30 segundos a seu tempo na TV

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu nesta quarta-feira (4) o apoio de quatro partidos nanicos, o que lhe permitirá ampliar um pouco seu tempo no horário eleitoral no rádio e na TV.

PMNPT do BPTC e PTN formalizaram a adesão ao tucano, mas, juntas, as quatro siglas não somam nem um minuto a mais na propaganda política do senador.

Pela divisão preliminar do tempo de rádio e TV – que só será concluída após as convenções partidárias que definem as alianças de cada cada candidato– Aécio deve ter cerca de quatro minutos contra mais de dez somados pela presidente Dilma RousseffOs quatro partidos que aderiram à campanha de Aécio reúnem cerca de 30 segundos a mais para o tucano.

Aécio admite que Dilma vai monopolizar o horário eleitoral, mas disse que a diferença não será suficiente para beneficiar a petista: “A presidente ficará com o tempo de TV, nós ficaremos com o trabalho, o esforço de homens públicos que não querem que o Brasil continue sendo governado da forma que está sendo nos últimos anos”.

O tempo de TV é definido pela Justiça com base no tamanho das bancadas da Câmara eleitas na disputa anterior. O PT tem o maior número de deputados, e por isso tem a maior fatia do horário eleitoral, seguido pelo PMDB.

A legislação assegura a todas as siglas um tempo mínimo de exposição. Dos quatro nanicos, o PT do B e o PMN têm três deputados cada um.

Aécio tem o apoio oficial do Solidariedade e do Democratas à sua candidatura. Há dissidências no PPPTB e PMDBaliados de Dilma, mas as duas siglas oficialmente apoiam a petista e devem formalizar as alianças nas convenções partidárias que têm início no dia 10 de junho.

PMN é o único que integra a base de apoio da presidente Dilma Rousseff no Congresso, mas deputados da sigla afirmam que a ida para a oposição representa o desejo de “mudança” no país.

Não acredito em apoio por apoio. Isso não pode se transformar em jogo de interesse pessoal. Precisamos é resgatar a dignidade da nossa população“, disse a presidente do PMNTelma Ribeiro.

Aécio nega que tenha negociado cargos ou benefícios às siglas. No ato que formalizou a adesão dos partidos à sua pré-candidatura, o tucano acusou Dilma de “distribuir espaço de poder a rodo” para ampliar seu tempo no horário eleitoral.

“A presidente levará alguns segundos de alguns desses partidos, mas não levará a alma, o coração e a consciência daqueles que mesmo nesses partidos sabem que o Brasil precisa viver um processo rápido de mudança.”

Anúncios

05/06/2014 - Posted by | Política | , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: