Minas Sustentável

Meio Ambiente, cidades sustentáveis

Anastasia seria eleito no primeiro turno de acordo com pesquisa Datafolha

Aécio e Itamar estão à frente na disputa pelas duas vagas ao Senado

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Nova pesquisa Datafolha divulgada, nesta quinta-feira (30/09), pelo Jornal Folha de S.Paulo, mostra que Antonio Anastasia seria reeleito já no primeiro turno com 52% dos votos válidos em Minas Gerais. O candidato Hélio Calixto Costa, do PMDB, teria 43%. Para ser eleito no primeiro turno, o candidato precisa ter 50% dos votos válidos mais um voto. Nas últimas semanas, todas as pesquisas eleitorais divulgadas têm mostrado Antonio Anastasia como o candidato que deverá vencer as eleições em Minas.

Na pesquisa estimulada, a candidatura de Antonio Anastasia cresceu e atingiu 43% das intenções de voto. O candidato do PMDB, Hélio Calixto Costa caiu para 36%. A diferença entre os dois candidatos que era de cinco foi ampliada para sete pontos percentuais.

Os números do Datafolha mostram que o crescimento da candidatura de Antonio Anastasia é consistente. Em dois meses de campanha, o governador cresceu 25 pontos percentuais. O candidato do PMDB apresenta situação oposta. Ele caiu oito pontos no mesmo período. Em caso de eventual segundo turno, o governador Antonio Anastasia também seria reeleito, segundo o Datafolha. Ele tem 48% das intenções de voto, contra 40% do outro candidato. Do total de entrevistados pelo instituto, 12% ainda estão indecisos.

A liderança de Antonio Anastasia na disputa pelo Governo de Minas já foi confirmada por cinco institutos de pesquisas, que também apontam tendência de crescimento das intenções de voto. Além do Datafolha, Ibope, EM Data, DataTempo/CP2 e Nexus também divulgaram pesquisas mostrando que o governador é o preferido dos eleitores mineiros.

Senado
Ainda de acordo com o Datafolha, os candidatos da coligação “Somos Minas Gerais” ao Senado, Aécio Neves e Itamar Franco deverão ser eleitos no próximo domingo. Aécio mantém a preferência de 67% dos eleitores mineiros e Itamar Franco está com 43%, enquanto o terceiro colocado está com 34%. Neste ano, os eleitores votarão em dois senadores.

Considerando os votos válidos, Aécio está com 43% dos votos e Itamar 28%. O terceiro colocado com 22%. A nova pesquisa Datafolha ouviu 2.044 eleitores nos dias 28 e 29 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais. A pesquisa está registrada no TRE-MG com o número 76.361/2010.

Anúncios

01/10/2010 Posted by | politica | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Despedida de Hélio Costa da campanha 2010 com grande imitação de Tom Cavalcante

30/09/2010 Posted by | politica | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ibope e DataTempo mostram Antonio Anastasia com ampla vantagem e apontam para vitória no 1º turno; diferença para Hélio Costa chega a 13 pontos

Anastasia abre 13 pontos sobre Hélio Costa em MG

Fonte: Estado de S.Paulo

Segundo Ibope, candidato do PSDB tem 46%, enquanto adversário do PMDB soma 33%; com 57% dos votos válidos, ele venceria no primeiro turno

O governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia (PSDB), que concorre à reeleição, subiu quatro pontos porcentuais em três dias e ampliou a vantagem sobre o peemedebista Hélio Costa. Se a eleição fosse hoje, ele venceria no primeiro turno, segundo pesquisa Ibope/Estado/TV Globo

Anastasia tem 46% das intenções de voto, 13 pontos porcentuais a mais que Costa, com 33%. Na pesquisa anterior, eles apareciam com 43% e 34%, respectivamente.

Com esse resultado, o tucano teria 57% dos votos válidos – os efetivamente dados aos candidatos, sem contar nulos e brancos. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% mais um dos votos válidos.

Na disputa pelo Senado não houve alterações no quadro. Aécio Neves (PSDB), primeiro colocado, teria 69% dos votos totais e 46% dos válidos. Em segundo está Itamar Franco (PPS), com 44% dos votos totais e 30% dos válidos. O petista Fernando Pimentel, que tenta tirar de Itamar a segunda vaga em disputa no Estado, oscilou um ponto para baixo. Ele tem 29% dos votos totais e 19% dos válidos.

Na corrida presidencial, a candidata do PT, Dilma Rousseff, se mantém na frente em Minas Gerais, mas sua vantagem em relação aos adversários diminuiu.

Em três dias, Dilma oscilou de 51% para 49%. O tucano José Serra se manteve com 25%, e Marina Silva (PV) passou de 13% para 15%.

O Ibope ouviu 2.002 eleitores em 113 municípios de Minas entre os dias 23 e 25 de setembro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número 31.796/2010.

Para ler no original: Anastasia abre 13 pontos sobre Hélio Costa em MG<http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100927/not_imp615782,0.php>

27/09/2010 Posted by | politica | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vox Populi: Antonio Anastasia coloca 10 pontos de vantagem em relação a Hélio Costa; pesquisa indica vitória no 1º turno

Vox Populi: Anastasia abre dez pontos sobre Costa, em Minas

Fonte: Portal IG

O tucano venceria no primeiro turno: ele subiu 16 pontos percentuais e seu adversário, Hélio Costa (PMDB), caiu quatro

O candidato tucano ao governo mineiro, Antonio Anastasia, subiu 16 pontos percentuais e foi de 26%, em agosto, para 42%, em setembro, segundo pesquisa Vox/Populi/Band/iGdeste sábado. Seu principal adversário, Hélio Costa (PMDB), caiu de 36% para 32%. Com isso, o tucano abriu dez pontos sobre Costa.

Segundo a sondagem , Vanessa Portugal (PSTU) manteve 1%. Os candidatos Zé Fernando (PV), Edilson Nascimento (PT do B), Professor Luiz Carlos (PSOL) e Fabinho (PCO), que tinham 1% em agosto, não pontuaram em setembro. Os brancos e nulos somam 6% e os indecisos 19%. Levando em conta apenas os votos válidos, Anastasia venceria no primeiro turno.

Na pesquisa espontânea, Anastasia tem 28% e Costa, 21%.

Senado

Segundo o Vox Populi, Aécio Neves (PSDB) seria eleito senador com 71% dos votos. O ex-presidente Itamar Franco (PPS) deve ficar com a segunda vaga no Senado, com 42%. O ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT) ficaria de fora, com 30% das intenções de voto.

O Voz Populi ouviu 1.000 pessoas entre os dias 18 e 21 de setembro. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional de Minas Gerais (TRE-MG) sob o número 74.029/10 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 31.709/10.

27/09/2010 Posted by | politica | , , , , , , , | Deixe um comentário

Desmatamento no estado reduz 34,5%; na abertura da Semana Florestal, Anastasia assina decreto que cria 2 unidades de conservação

Desmatamento em Minas Gerais apresenta redução de 34,5%, mostra Mapa da Cobertura da Vegetação Nativa do Estado

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Estudo faz parte do Inventário Florestal de Minas Gerais, realizado pela Universidade Federal de Lavras em parceria com o Instituto Estadual de Florestas

Na abertura oficial da Semana Florestal, governador Antonio Anastasia assinou decreto criando mais duas unidades de conservação em Minas Gerais

O Governo de Minas divulgou nesta terça-feira (21/09) o Mapa da Cobertura da Vegetação Nativa de Minas Gerais – biênio 2007-2009. O estudo mostra que o índice de desmatamento no Estado teve uma queda de 34,8% em relação ao biênio 2005-2007. Na comparação com 2003-2005, a redução chega a 53,2%. O mapa faz parte do Inventário Florestal de Minas Gerais, realizado pela Universidade Federal de Lavras (UFLA) em parceria com o Instituto Estadual de Florestas (IEF).  Ele traz informações científicas sobre os biomas da Mata Atlântica, Cerrado e Caatinga, as áreas de ocorrência de espécies da flora e serve para estabelecer estratégias de revegetação e as áreas mais apropriadas para o manejo florestal.
A divulgação do Mapa fez parte das comemorações da Semana Florestal 2010, que foi aberta oficial pelo governador Antonio Anastasia, nesta manhã, em solenidade na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. Durante o evento, Anastasia assinou decretos criando duas novas unidades de conservação ambiental, o Monumento Natural da Serra da Moeda e o Monumento Natural da Serra do Gambá, além da implantação de um laboratório de pesquisas ecológicas em Minas Gerais.

Minas conta com cerca de 240 unidades de conservação, com aproximadamente dois milhões de hectares de áreas protegidas. Mais da metade das áreas estaduais de proteção ambiental foi criada durante a gestão de Aécio Neves e Antonio Anastasia, a partir de 2003. As unidades de conservação servem para proteger a biodiversidade, o solo e os recursos hídricos de cada região.

Em seu pronunciamento, Antonio Anastasia afirmou que a questão ambiental deixou de ser um assunto isolado e está presente em todas as políticas públicas do Estado. Segundo ele, os avanços sociais e econômicos só serão reais se vierem acompanhado de um desenvolvimento sustentável.

“O meio ambiente se transformou em um tema cotidiano de todas as políticas públicas, na educação, saúde, fomento econômico, infraestrutura. Em todos eles, sem exceção, está a questão ambiental com grande destaque. Quanto mais prestigiarmos e reconhecermos o tema ambiental como uma atividade das administrações e da sociedade como um todo, teremos uma consciência maior. A nossa sociedade só avançará de modo definitivo, quando todos tivermos o sentimento da preservação ambiental, concomitantemente com as questões necessárias ao desenvolvimento sustentável do nosso país”, declarou Antonio Anastasia.

Mais áreas preservadas
O Monumento Natural Estadual da Serra da Moeda, com área de conservação de 2.372 hectares, está localizado nos municípios de Moeda e Itabirito, na região Central do Estado. A Serra da Moeda abriga uma enorme diversidade de espécies de fauna e flora e, por causa de seus vales e cursos d’água, tem grande potencial turístico.

O Governo de Minas também criou o Monumento Natural Estadual da Serra do Gambá, no município de Jeceaba, com 442 hectares, na região Central, e assinou o decreto de integração do Parque Estadual do Rio Preto ao Sistema Estadual de Unidades de Conservação da Natureza. O parque está localizado no município de São Gonçalo do Rio Preto e está inserido no complexo da Serra do Espinhaço. O decreto declara o parque como utilidade pública e de interesse social, para fins de desapropriação.

Com uma área de 10.755 hectares, a unidade de conservação abriga diversas nascentes, entre elas a do Rio Preto, um dos mais importantes afluentes do rio Araçuaí, por sua vez, afluente do Rio Jequitinhonha. No parque são encontradas diversas cachoeiras, piscinas naturais, corredeiras, sumidouros, cânions e praias fluviais com areias brancas.

Incentivo à pesquisa
Outro decreto assinado hoje por Antonio Anastasia cria, em Minas Gerais, o Laboratório Eugênio Warming de Pesquisas Ecológicas, no Parque Estadual do Sumidouro, nos limites dos municípios de Lagoa Santa e Pedro Leopoldo, Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O laboratório será um ponto de referência para pesquisadores nacionais e internacionais para o desenvolvimento de estudos relacionados aos biomas do Vale do Rio das Velhas, principalmente o Cerrado.

Eugênio Warming foi um botânico e seguidor do dinamarquês Peter Lund, um naturalista que durante o século XIX se dedicou a diversos estudos sobre a biodiversidade brasileira, incluindo as cavernas do interior de Minas Gerais.

22/09/2010 Posted by | Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em nova pesquisa Ibope, Anastasia continua na liderança com 8 pontos à frente de Hélio Costa; Aprovação do Governo é de 76%

Tucano registra 42% contra 34% de Hélio Costa (PMDB); Aécio lidera disputa para o Senado com 67% das intenções de voto

Fonte: Estado de S. Paulo

O tucano Antonio Anastasia segue na liderança na disputa pelo governo de Minas Gerais. O atual governador registra 42% contra 34% de Hélio Costa (PMDB), segundo pesquisa Ibope/Estado/TV Globo divulgada nesta terça-feira, 21. Em relação à pesquisa anterior, realizada entre 10 e 12 de setembro, ambos oscilaram dentro da margem de erro. Anastasia tinha 42% e Costa tinha 32%. Em votos válidos, o tucano teria 53% contra 43% do adversário.

Fabinho (PCB), Vanessa Portugal (PSTU) e Zé Fernando Aparecido (PV) registram 1% cada um. Edilson Nascimento (PTdoB), Prof. Luiz Carlos (PSOL) e Adilson Rosa (PCO) não pontuaram. 16% ainda estão indecisos enquanto 5% disseram que vão votar em branco ou nulo.

Em um eventual segundo turno, Anastasia teria 40% contra 34% de Hélio Costa. 20% disseram não saber em quem votar e 7% declararam votar em branco ou nulo.

Senado
O ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB) continua liderando a disputa pelo Senado com 67% das intenções de voto. Seu companheiro de chapa, o ex-presidente Itamar Franco (PPS), registra 44% e Fernando Pimentel (PT) tem 30%. Os demais candidatos aparecem com, no máximo, 2% das intenções de voto. 14% citaram apenas um candidato, 29% estão indecisos e 9% pretendem votar em branco ou nulo.

Presidente
A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, segue na frente da preferência dos eleitores mineiros, com 51% declararam que irão votar na petista, contra 25% dos que pretendem votar em Serra e 13% em Marina.

Avaliação do governo
Para 57% dos entrevistados, o governo de Antonio Anastasia é ótimo ou bom. 19% consideram seu governo regular. 4% avaliaram como ruim ou péssimo.

Foram realizadas 2002 entrevistas em 109 municípios de Minas Gerais entre os dias 18 e 20 de setembro de 2010. A pesquisa está registrada no TRE/MG sob o protocolo nº 73370/2010 e no TSE sob protocolo n31230/2010. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.

22/09/2010 Posted by | politica | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Antonio Anastasia garante priorizará a revitalização do Rio São Francisco e seus afluentes

Antonio Anastasia garante que continuará priorizando a revitalização do Rio São Francisco e seus afluentes

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Em visita a Januária e Pirapora, Anastasia destaca propostas para manter a meta de despoluição do Rio das Velhas, maior afluente do São Francisco; Governador afirma que Estado manterá sua postura contrária à transposição

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, afirmou hoje que os investimentos do Governo de Minas para a revitalização do Rio São Francisco superaram os recursos já aplicados pelo governo federal no rio em toda a sua extensão. Anastasia defendeu que as ações para a recuperação do Velho Chico são mais importantes e urgentes que os projetos do governo federal de transposição das águas. O governador visitou nesta manhã (20/09) os municípios ribeirinhos de Januária e Pirapora, Norte de Minas, junto com os candidatos ao Senado Federal, o ex-governador Aécio Neves e o ex-presidente Itamar Franco.

Até o momento, cerca de R$ 1,4 bilhão do Governo do Estado já foram investidos em ações para a revitalização da bacia do São Francisco e tratamento do esgoto no trecho mineiro. Já o governo federal prevê R$ 1,3 bilhão para obras de revitalização em toda a extensão dos 2,7 mil quilômetros do rio, conforme previsão do PAC.

“Esperem de mim empenho máximo. Estamos com uma prioridade absoluta na revitalização. O São Francisco é um patrimônio de Minas e do Brasil. Somos radicalmente contrários à transposição do rio, mas totalmente favoráveis a sua revitalização. Já aplicamos, na chamada Linha Azul, uma obra que a Copasa faz a favor da Bacia do Rio das Velhas, maior afluente do Rio São Francisco, recursos de mais de um R$ 1 bilhão, maior do que o governo federal aplica. Então essa prioridade continuará e vamos melhorando a qualidade das águas de toda a bacia do São Francisco.

Em 2004, o Governo de Minas assumiu o compromisso de investir na despoluição do Rio das Velhas, o maior afluente do São Francisco. A Meta 2010 (navegar, pescar e nadar no Rio das Velhas) passou a ser um dos projetos estruturadores da gestão Aécio/Anastasia.

Cerca de 60% dos objetivos já foram alcançados. Pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) já confirmaram melhoria da qualidade da água e retorno de peixes em diversos trechos do rio. Em toda a bacia do Rio das Velhas, já são 22 ETEs em operação e 11 estão em obras ou em fase de planejamento. No mês passado, Anastasia e Aécio mergulharam nas águas do rio das Velhas, num trecho despoluído em conseqüência das ações do Governo do Estado.

“O Estado tem uma posição rigorosamente contrária à transposição. Acreditamos que a transposição não vai ter nenhum efeito positivo, vai, na verdade, minar as nossas águas. Estamos acompanhando a situação difícil. Podem ter certeza que a minha posição pessoal, tenho certeza a dos senadores Aécio e Itamar é a mesma, no sentido da defesa intransigente do Rio São Francisco”, afirmou Anastasia.

Plano de Governo
Em agosto deste ano, Antonio Anastasia e Aécio Neves participaram da solenidade de divulgação do balanço da Meta 2010 e do lançamento da Meta 2014 para a revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas. O evento, coordenado pelo Projeto Manuelzão da UFMG, reafirmou o compromisso do Governo do Estado em dar continuidade à revitalização da bacia hidrográfica que abrange 51 municípios.

A Meta 2014 faz parte do Plano de Governo lançado por Antonio Anastasia no início do mês. As propostas do governador para os próximos anos incluem a recuperação de áreas degradadas, proteção às nascentes, regularização ambiental das propriedades rurais da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas e intensificação da Operação Caça-Esgoto na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O Plano de Governo de Anastasia também contempla uma séria de ações para a revitalização de toda a Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em território mineiro. Entre elas estão a contenção de processos erosivos, apoio aos municípios no tratamento de esgoto doméstico e aperfeiçoamento da Rede de Monitoramento de Qualidade das Águas Superficiais e de Sedimentos de Bacia.

Apoio popular e de prefeitos
Anastasia, Aécio e Itamar foram recebidos com aplausos no aeroporto de Januária pelo prefeito Maurílio Arruda (PTC) e por várias lideranças de cidades vizinhas, incluindo o presidente da Associação dos Vereadores da Área Mineira da Sudene (Avams), Abelarde Carlos Pimenta. A associação representa cerca de 900 vereadores das 92 cidades que integram a área mineira da Sudene.

Os candidatos participaram de carreata pelas ruas de Januária acompanhados por cerca de 100 carros e dezenas de motos. Ao chegaram à Praça Raul Soares, deram início a uma caminhada e foram cercados por eleitores da cidade que cumprimentaram os candidatos e tiraram várias fotos.

O ex-governador Aécio Neves agradeceu o apoio que vem recebendo da população da região em reconhecimento ao trabalho desenvolvido nos últimos oito anos. Ele disse que a eleição dos candidatos da coligação “Somos Minas Gerais” é fundamental para garantir investimentos para Minas Gerais como o programa Caminhos de Minas, que irá asfaltar 7,6 mil quilômetros de estradas do Estado.

“Cada vez mais, as pessoas, principalmente aqui no Norte mineiro, identificam o governador Anastasia com a nossa ação de governo, mais pessoas tendem a votar em Anastasia. E nós somos um time, que está aqui. Itamar e eu pretendemos estar no Senado ao lado de Anastasia, garantindo investimento para o Caminhos de Minas, porque você sabe que para esses financiamentos externos, eles precisam da aprovação do Senado”, afirmou Aécio Neves.

O prefeito de Januária afirmou que as ações do Governo de Minas nos últimos anos transformaram a realidade do município, com melhoria nas estradas e no bem-estar da população. “Anastasia e Aécio Neves transformaram Januária de uma forma digna, trazendo para nós várias obras estruturantes. Não só o Proacesso, mas o Pró-cidadania, que é trazer para todos um pouco de dignidade de vida, coisa que, infelizmente, há mais de 20 anos Januária estava carente”, afirmou.

O prefeito de Bonito de Minas, José Raimundo Viana (PR), também foi à Januária manifestar apoio à reeleição de Antonio Anastasia. “Anastasia soube juntar a política com a boa administração e é isso que Minas precisa. O Norte tem um povo sofrido e carece de uma administração voltada para as necessidades dessa gente. E Anastasia é o homem que compreende e entende essas necessidades do povo do Norte de Minas”, disse.

O ex-presidente Itamar Franco ressaltou a importância do apoio da população do Norte de Minas e da escolha independente do povo mineiro.  “É com muita alegria que a gente retorna aqui, particularmente agora, juntamente com o governador Anastasia e com o governador Aécio, nessa jornada que estamos fazendo, de tentar mostrar ao povo mineiro que nós é que escolhemos os candidatos, não os outros de fora que escolhem o nosso candidato”, disse o ex-presidente.

O comerciante José Luis Olímpio Fontes acompanhou os candidatos em Januária e defendeu a continuidade de Antonio Anastasia à frente do Governo de Minas. “Voto em Anastasia pela competência, inteligência e pelo bom trabalho com o companheiro Aécio. Principalmente no Norte de Minas, temos muito a dever a esse homem que interligou os nossos municípios. Me sinto orgulhoso em votar em Anastasia”, disse.

Conheça o Plano de Governo do governador Antonio Anastasia Propostas e as propostas para o Meio Ambiente no período de 2011 a 2014

http://www.anastasia2010.com.br/plano-de-governo/rede-de-desenvolvimento-sustentavel-e-cidades

22/09/2010 Posted by | Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Anastasia tem destaque em debate da Record e reafirma compromisso de ampliar ações de Aécio Neves

Em debate, Anastasia relaciona avanços em Minas ao bom planejamento

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Anastasia afirma que avanços de Minas acima da média nacional são frutos do bom planejamento do Estado e de parcerias com a sociedade

Em debate da Record, governador pede que os mineiros aproveitem os últimos dias antes da eleição de 3 de outubro para conhecer as propostas de todos os candidatos

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, destacou no debate da Rede Record, realizado na noite desta segunda-feira (20/09), que os avanços sociais e econômicos registrados em Minas Gerais, acima da média nacional, foram possíveis em razão do bom planejamento das ações e da parceria do Estado com os municípios mineiros e com a sociedade civil organizada. Anastasia destacou que os bons resultados de Minas Gerais foram reconhecidos tanto pelo governo federal quanto por organismos de fomento internacional e, principalmente, pela própria população do Estado.

“O maior reconhecimento é dos mineiros que nos aplaudem. E a minha candidatura surge exatamente com esse objetivo: continuar com esses avanços, com esse trabalho começado com Aécio Neves. É uma candidatura nascida em Minas, de Minas e para Minas. E gostaria de dizer que esses resultados, que devemos compartilhar com todos, estão aí e todos os mineiros conhecem e são testemunhas. Tivemos resultados para as pessoas. Acredito, sinceramente, que isso faz a diferença. As pessoas sentirem que o governo olha para elas”, disse Antonio Anastasia.

O governador lembrou que governo federal, por meio do Ministério da Educação, colocou Minas Gerais em primeiro lugar no ranking da educação básica no Brasil no último ano. Da mesma forma, o Ministério do Trabalho, apontou o grande crescimento do número de carteiras assinadas no Estado e o Banco Mundial, que transformou o exemplo de administração pública dos governos Aécio Neves e Antonio Anastasia em modelo em gestão pública.

“Este é um projeto vitorioso, que vem recebendo reconhecimento de todos os mineiros em diversos setores. Fizemos o governo transformador, ético, ousado, corajoso e empreendedor. Um governo baseado no binômio: planejamento e parceria. Planejamento porque sabemos que é um passo após o outro, e parceria com o governo federal, com os governos municipais, inclusive com prefeituras que não nos apoiam, com a sociedade civil, com os empresários. E conseguimos em razão disso um grande reconhecimento”, afirmou.

Durante o debate, Anastasia pediu aos eleitores mineiros que analisem bem as propostas de todos os candidatos antes da eleição, no dia 3 de outubro. Ele destacou a importância dos mineiros saberem que, verdadeiramente, tem condições de conduzir Minas Gerais no caminho dos avanços sociais e da boa gestão dos recursos públicos. Anastasia tem comparecido a todos os debates promovidos pelas emissoras de TV e universidades por acreditar que a discussão de ideias é fundamental para o eleitor conhecer suas propostas. “Peço a atenção de cada eleitor, porque é muito fácil falar. Fazer já não é tão fácil. Temos autoridade moral de quem realizou muito por Minas Gerais. Volto a dizer: ainda há muito a fazer. Sou candidato para continuar fazendo, avançando. Peço de maneira muito carinhosa e verdadeira o voto, mas mais do que o voto, eu ouso pedir a convicção, confirmando que o nosso nome é aquele que tem condições de levar Minas Gerais a um novo patamar. A um patamar de desenvolvimento, de inclusão social e de progresso e de prosperidade”, afirmou o governador.

Revitalização do Rio São Francisco
O governador Antonio Anastasia citou o Rio São Francisco para demonstrar a diferença do projeto de sua coligação em relação a outros candidatos. Ele lembrou que, enquanto o governo federal priorizou o projeto de transposição das águas do Velho Chico, o Estado, nos governos de Aécio e Anastasia, investiu R$ 1,4 bilhão na revitalização do trecho mineiro da Bacia do São Francisco e de seu principal afluente, o Rio das Velhas. Este valor é superior a previsão de gasto do governo federal para toda a extensão do rio, de sua nascente à sua foz.

“Investimos na revitalização do Rio das Velhas, a qualidade da água já melhorou muito, os peixes voltaram e temos certeza que vamos avançar bastante. A chamada Meta 2010 foi cumprida e, agora, estamos propondo em nosso Plano de Governo, a Meta 2014 para melhorarmos ainda mais a qualidade das águas próximo à Região Metropolitana de Belo Horizonte. O São Francisco, em sua bacia, é uma das grandes riquezas de Minas Gerais e do Brasil. Devemos tomar muito cuidado e muita atenção. E nós mineiros temos a responsabilidade e o dever de tomar conta dele e defendê-lo”, disse Antonio Anastasia.

Empregos
O governador aproveitou o debate para apresentar alguns dos 365 compromissos de seu Plano de Governo para os próximos quatro anos. Antonio Anastasia afirmou que pretende desenvolver programas e ações para fomentar a criação de empregos em Minas Gerais. Para ele, o emprego de qualidade é o melhor caminho para o Estado manter os seus indicadores sociais e econômicos acima da média nacional.

“Eu quero ser reconhecido como governador que cria empregos. Porque o emprego, na verdade, está na base do desenvolvimento social e econômico. Temos que nos esforçar muito para gerar empregos de qualidade em Minas. O poder público tem a obrigação de criar a infraestrutura necessária, ter a educação, as estradas, os incentivos de créditos, de tributos para chamar novas empresas para Minas Gerais. Isso tudo gerando empregos, empregos de qualidade. Com bons empregos, tenho certeza, Minas avançará ainda mais”, disse o governador.

Descentralização da Saúde
Antonio Anastasia lembrou que o Governo de Minas obteve importantes avanços no campo da saúde, a partir da descentralização do atendimento, que incluíram por meio do ProHosp a construção e investimentos na aquisição de equipamentos para 128 hospitais regionais do Estado. Além disso, foram construídas 1.600 Unidades Básicas da Saúde e o Estado tem atualmente o maior número de equipes do Programa Saúde da Família (PSF). O governador afirmou que o grande esforço do seu Plano de Governo é aproximar, cada vez mais, a população aos serviços de saúde, com a construção de hospitais regionais que ofereçam atendimento de média e alta complexidade.

“Nos últimos oito anos, sob o ponto de vista objetivo, esta política representou uma melhora dos indicadores, como a mortalidade infantil que caiu em Minas 22%. Na esfera estadual, o nosso grande esforço será levar cada vez mais a saúde para mais perto das pessoas. Por isso, vamos investir na construção de hospitais regionais, como o de Uberlândia, que está praticamente concluído, e realizar diversas parcerias com as prefeituras para termos as melhores condições”, afirmou o governador.

Antonio Anastasia afirmou ainda que o Estado priorizará ações de prevenção à saúde, por meio de programas específicos, como o Viva Vida, que garante atendimento às mulheres durante a gestação, e o Farmácia de Minas, que fornece remédios gratuitamente à população.
“Temos que ter uma atividade também preventiva, através, por exemplo, do Viva Vida, que se refere às gestantes. No projeto relativo à Farmácia de Minas,  aumentamos a produção de remédios gratuitos de 300 milhões de unidades para 1 bilhão de unidades. Tudo isso significa uma melhora, mas sou o primeiro a reconhecer a necessidade de avançarmos mais através dessa descentralização e trazer a saúde cada vez mais próximo das pessoas”, disse Antonio Anastasia.

Educação
Para o governador, a política de valorização do profissional da educação foi fundamental para que o Estado obtivesse o primeiro lugar no Brasil, pelo Índice de Educação Básica (Ideb), divulgado pelo Ministério da Educação. Ele também apresentou o programa Professor da Família, que está previsto em seu Plano de Governo.

“A educação mineira é de excelência. Conseguimos o primeiro lugar no Brasil na educação básica e o terceiro no ensino médio. As Olimpíadas de Matemática, os nossos alunos ganham todas. Vou continuar valorizando firme a educação porque sou o primeiro a reconhecer a sua importância, recuperando as escolas, investindo em novas metodologias de ensino, criando o programa Professor da Família que vai ajudar aqueles alunos que estão em situação pior. Então, isso é fundamental, investir na educação e, também, é claro, nos professores e em toda rede pública de ensino”, disse o governador.

Valorização dos servidores
Anastasia lembrou das conquistas históricas dos servidores públicos nos últimos anos do Governo do Estado. Ele ressaltou que a valorização do funcionalismo, em especial da educação, continuará sendo prioridade no seu segundo governo, caso reeleito.

“A questão dos servidores é uma prioridade absoluta em qualquer governo e do meu governo em especial, até porque eu sou servidor público de carreira do Estado, professor e filho de professora do Estado de Minas Gerais. Em primeiro lugar, vamos lembrar também que no início do nosso governo, depois de 20 anos, nós conseguimos colocar o pagamento em dia, conseguimos pagar o 13º em dia, criamos o adicional de produtividade, que é um 14º salário; criamos os planos de carreira, pagamos as verbas retidas, colocamos a casa em ordem. E os funcionários são testemunhas do que havia no passado e do que existe hoje”, disse Anastasia. E completou: “sempre digo, conceder o reajuste é excelente, mas temos também de ter condições de pagar o reajuste e não voltar ao passado, com atraso do pagamento, o não pagamento do décimo terceiro. Eu sou o aliado número um da educação, por ser professor e ter grande amor pelo tema”.

21/09/2010 Posted by | politica | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Instituto Datafolha confirma liderança de Anastasia já apontada pelo Ibope

Datafolha confirma a liderança de Antonio Anastasia já apontada pelo Ibope

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

A nova pesquisa Datafolha divulgada hoje (17/09) confirmou a liderança de Antonio Anastasia na preferência dos eleitores mineiros, que já havia sido apontada na semana passada, pelo Ibope. Na pesquisa divulgada nesta sexta-feira, o governador assumiu a liderança com 40% das intenções de votos na disputa pelo governo de Minas Gerais, mostrando crescimento de 23 pontos percentuais em pouco mais de um mês. Os números comprovam que é cada vez maior o reconhecimento da população pelo trabalho desenvolvido por Anastasia, nos últimos oito anos, ao lado do ex-governador Aécio Neves.

O Datafolha confirma que desde o início de agosto, a candidatura de Antonio Anastasia tem mantido um crescimento permanente entre os eleitores. Na pesquisa realizada entre os dias 9 e 12 de agosto, Anastasia tinha 17% das intenções de voto. Nos números divulgados no dia 27 do mês passado, ele tinha 29%, passou para 35% na medição divulgada no último dia 3 de setembro e atingiu 36% no dia 11 de setembro.  Agora Anastasia já tem 40% das intenções de voto.

Os números do Datafolha também mostram que a situação do principal adversário do governador é exatamente oposta. O candidato do PMDB, Hélio Calixto Costa, continua caindo nas pesquisas. Ele ficou estacionado durante todo o mês de agosto e, na pesquisa de hoje, apresentou queda de mais dois pontos, passando para 37%. Na pesquisa Ibope divulgada na última sexta-feira, Hélio Costa já caiu para 32%, enquanto Antonio Anastasia atingiu 41% das intenções de voto.

O número de eleitores que ainda não sabem em quem votar representa 14%, segundo o Datafolha.

A nova pesquisa Datafolha foi realizada nos dias 13 e 14 de setembro. Foram ouvidos 1.837 eleitores. A margem de erro é de dois pontos percentuais. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número 70.959 /2010.

17/09/2010 Posted by | politica | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Datafolha mostra crescimento de Antonio Anastasia, que passa Hélio Costa; instituto confirma Ibope do início da semana

Anastasia cresce e passa Costa em Minas

Fonte: Evandro Spinelli – Folha de S.  Paulo

Governador tucano cresceu 4 pontos nas intenções de voto, mas disputa com peemedebista continua indefinida

Desde julho, candidato de Aécio Neves (PSDB) já ganhou 22 pontos; índice de indecisos (14%) ainda é grande

Antonio Anastasia (PSDB) voltou a crescer nas intenções de voto para o governo de Minas Gerais, passou numericamente Hélio Costa (PMDB) pela primeira vez, mas a disputa no Estado continua indefinida, segundo pesquisa Datafolha.

Anastasia, atual governador e candidato apoiado por Aécio Neves (PSDB), passou de 36% para 40%. Ele está tecnicamente empatado com Costa, senador e ex-ministro das Comunicações, que oscilou de 39% para 37%.

A margem de erro máxima da pesquisa é de dois percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi feito na segunda e terça-feira desta semana com 1.837 eleitores de 83 municípios.
Anastasia cresceu 22 pontos desde julho. O candidato tucano ao governo era vice-governador e assumiu a titularidade em abril após a renúncia de Aécio, seu padrinho político, para disputar uma cadeira no Senado.

De acordo com o Datafolha, se a eleição fosse hoje Anastasia terminaria com 50% dos votos válidos, em situação de empate técnico com Costa, que atinge 46%.
Ou seja, não é possível atestar que a eleição terminaria no primeiro turno. Mesmo tendo apenas dois candidatos competitivos, a soma dos votos dos candidatos “nanicos” pode levar a eleição para o segundo turno.

Em um eventual segundo turno, Anastasia teria 45% dos votos contra 42% de Hélio Costa. Mais uma vez, empate técnico.
Para projetar os votos válidos, o Datafolha distribui os indecisos, nulos e brancos proporcionalmente à intenção de voto de cada candidato. Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha, lembra, no entanto, que ainda há um percentual grande de indecisos no Estado: 14%.

Vanessa Portugal (PSTU), Adilson Rosa (PCO), Fabinho (PCB), Professor Luiz Carlos (PSOL) e Zé Fernando Aparecido (PV) aparecem com 1% das intenções de voto. Edilson Nascimento (PT do B) não atingiu 1%.

Votariam nulo 3% e 1% pretendem votar em branco.

O tucano tem melhor desempenho na região metropolitana de Belo Horizonte, onde tem 46% das intenções de voto contra 34% de Costa. No interior, os dois estão empatados em 38%.A menos de 20 dias do primeiro turno, somente 21% dos eleitores sabem o número de seu candidato ou sobre como votar nulo ou branco.

Os eleitores de Anastasia são mais bem informados: 30% sabem o número de seu candidato e 68% não conhecem. Entre os eleitores de Hélio Costa, 14% disseram o número correto e 82% não souberam responder.

17/09/2010 Posted by | politica | , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário