Minas Sustentável

Meio Ambiente, cidades sustentáveis

Pimenta garante conclusão de hospitais regionais

O tucano afirmou que, se eleito, vai finalizar obras para implantação de hospitais do Governo de Minas na Zona da Mata.

Eleições 2014

Fonte: Estado de Minas

Pimenta promete hospitais

Candidato do PSDB pretende ampliar rede no interior de Minas para facilitar acesso à saúde

O candidato do PSDB ao governo de MinasPimenta da Veiga, prometeu ontem investimentos na área da saúde durante campanha em Manhuaçu, na Zona da Mata. O tucano afirmou que, se eleito, vai finalizar obras para implantação de hospitais que já foram iniciadas pelo Executivo estadual  ou que estejam em fase de projeto. Na área de segurança, Pimenta disse que pretende aumentar o policiamento em Minas Gerais. “Para deixar claro que nós não convivemos com a bandidagem”, disse. O candidato esteve na cidade para uma caminhada e carreata, acompanhado do candidato do PSDB ao Senado, Antonio Anastasia, entre outros  aliados.

Segundo Pimenta da Veiga, o objetivo dos investimentos em saúde é evitar que pacientes do interior de Minas Gerais tenham que viajar à capital para fazer tratamentos. “Nós vamos concluir todos os hospitais iniciados. Não apenas os que estão com obras em andamento. Até agora, já estão prontos os hospitais de Pirapora, de Uberaba e de Uberlândia. E outros continuam  em obras, como os de Governador ValadaresTeófilo Otoni, Sete Lagoas, Divinópolis e Juiz de Fora. Nós vamos concluir todos esses, e aqueles que estão ainda em fase de projeto, nós vamos também iniciar a obra e conclui-la. E mais do que isso: nós vamos equipar os hospitais e colocá-los em funcionamento de maneira que nenhum mineiro precise viajar a Belo Horizonte para se tratar, todos possam resolver os problemas de saúde que tenham na sua região, sejam de baixa complexidade, de média ou de alta complexidade”.

Entre os hospitais em que pretende investir, Pimenta da Veiga citou também de Manhuaçu, destacando a importância dele para região. “É fundamental que a saúde aqui esteja no nível de outras cidades próximas e, sobretudo, que (a rede hospitalar) possa atender os pequenos municípios que gravitam em torno de Manhuaçu com um serviço de boa qualidade”, afirmou. O candidato prometeu também fazer o contorno viário da cidade. “É uma antiga reivindicação. Isso está no nosso plano de governo”.

Segurança Ao falar sobre segurança, Pimenta disse que o “governo do PT não toma conta das fronteiras e deixa entrar drogas e armas (no país)”, refirindo-se  à administração da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição. “Mas nós aqui em Minas temos um programa muito vigoroso com a Polícia Militar e a Polícia Civil, e no meu governo eu pretendo aumentar o policiamento ostensivo, para deixar claro que nós não convivemos com a bandidagem. Então, nós vamos ter mais policiamento ostensivo para que o cidadão se sinta mais seguro e o bandido fique com medo”, afirmou o tucano.

Anúncios

23/09/2014 Posted by | ELEIÇÕES 2014, Governo de Minas, SAÚDE | , , , , , , , | Deixe um comentário

Turismo assegura sustentabilidade ao Parque Estadual do Ibitipoca

Aberto ao público desde 1973, o Parque Estadual do Ibitipoca, na Zona da Mata, é a unidade de conservação estadual mais visitada e a única que é autossustentável devido ao fluxo turístico. Em 2010 recebeu 51.384 visitantes, que proporcionaram uma arrecadação de R$ 526 mil, com a cobrança de entrada, taxa de camping e estacionamento.

A unidade de conservação (UC) é autossuficiente desde 2009, quando recebeu 46.877 visitantes, que geraram uma receita de R$ 415 mil. Este valor foi suficiente para pagar o salário de 13 funcionários e o consumo de gasolina e energia. “Este ano, com certeza, vamos ultrapassar R$ 600 mil”, assegura o gerente do parque, João Carlos Lima de Oliveira.

O mês de julho se sobressai, com uma média de cinco mil visitantes nos últimos quatro anos, patamar ultrapassado em 2009 com mais de sete mil visitantes, número superior à visitação anual na maioria dos outros parques estaduais. A ausência de chuvas e férias escolares são os dois fatores que explicam este desempenho.

De 2006 a 2010 houve um crescimento de 57% na visitação. O fluxo de turistas vem aumentando de forma constante a cada ano, após a adoção da limitação de 800 visitantes/dia nos finais de semana e feriados prolongados e 300 visitantes/dia nos dias de semana. A medida foi necessária em função do excesso de turistas, o que poderia provocar impactos ambientais negativos na UC.

De 2009 para 2010, o número de pessoas que estiveram em Ibitipoca subiu de 46.877 para 51.384. No final de 2009 foi concluída, pela Prefeitura de Lima Duarte, o calçamento de 10 km no trecho mais difícil, na subida da serra. E o Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG) está finalizando o projeto para outros 17 km e assim concluir a pavimentação do acesso ao parque. “A obra de melhoria no acesso contribuiu muito para o aumento do turismo no parque, antes somente carro tracionado chegava, hoje qualquer veículo consegue subir”, explica João Carlos.

O gerente da UC elenca ainda outros fatores que fazem do Parque Estadual do Ibitipoca um verdadeiro sucesso de bilheteria: ampla divulgação nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo; proximidade dos grandes centros urbanos, está distante menos de 300 km do Rio, 350 de Belo Horizonte e 450 de São Paulo e oferece uma gama de atrativos naturais próximos. “Um dia no parque dá para conhecer muita coisa. Em três dias o visitante consegue conhecer quase toda a unidade” afirma João Carlos.

O secretário de Estado de Turismo, Agostinho Patrus, comemora o aumento do fluxo de visitação no parque, reafirmando a vitalidade do turismo de natureza e aventura em Minas Gerais. Patrus lembrou que o Governo de Minas tem feito significativos investimentos na infraestrutura turística do Estado, na revitalização das unidades de conservação e possibilitando acesso terrestre e aéreo para todas as regiões de Minas Gerais. “A prática do turismo em áreas protegidas é uma tendência internacional. E Minas oferece a possibilidade de caminhada por nossas montanhas, em uma paisagem natural maravilhosa. Hoje afirmamos que as atividades de natureza e aventura já são um produto turístico pronto e disponível para o público nacional e estrangeiro”, disse.

O Parque

O Parque Estadual do Ibitipoca está localizado na Zona da Mata, nos municípios de Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca. Ocupa o alto da Serra do Ibitipoca, uma extensão da Serra da Mantiqueira. Com área de 1.488 hectares, serve de divisor entre as bacias dos rios Grande e Paraíba do Sul. Abriga mirantes, grutas, praias, piscinas naturais, cachoeiras e picos. A fauna e flora é rica, com a presença de espécies ameaçadas de extinção, como o lobo guará, tucano, onça parda, orquídeas e bromélias

Criado em 4 de julho de 1973, possui casa de hóspedes; camping com capacidade para 15 barracas; alojamentos e casa para pesquisadores, com capacidade para 20 pessoas no total; centro de visitantes com exposição interativa e restaurante com capacidade para 55 pessoas.

18/02/2011 Posted by | Turismo | , , , , | Deixe um comentário

Governador Anastasia recebe apoio de produtores rurais em Carangola

Candidato à reeleição, governador visitou a Expocarangola e reuniu-se com prefeitos e lideranças políticas

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

O governador Antonio Anastasia recebeu hoje o apoio de produtores rurais e lideranças políticas de Carangola (Zona da Mata). Candidato à reeleição pela coligação “Somos Minas Gerais”, o governador visitou neste domingo (01/08) a 61ª Expocarangola, uma das mais tradicionais feiras agropecuárias da região, e foi recebido com foguetório no parque de exposições. Durante encontro com prefeitos e produtores da região, o governador afirmou que os investimentos na Zona da Mata terão prioridade em seu plano de governo para garantir a atração de mais empresas e geração de empregos.

“Continuaremos nos esforçando para trazer empregos para Minas, empregos de qualidade. E empregos de qualidade só virão para Minas se tivermos aqui uma boa infraestrutura: estradas, saneamento, escolas, saúde, hospitais. É isso que estamos fazendo na Zona da Mata e em outras regiões do Estado. A Zona da Mata precisa de mais empregos de qualidade. E por isso vamos trabalhar firmes para trazer mais empresas e gerar empregos de qualidade em Carangola e na Zona da Mata”, afirmou o governador em entrevista.
Antonio Anastasia assegurou que, se eleito, promoverá novos investimentos na infraestrutura dos municípios. A Zona da Mata foi uma das regiões que mais receberam investimentos em obras do Governo de Minas. Na pavimentação de estradas foram investidos R$ 110 milhões para pavimentar 160 km de estradas. Também foram recuperados cerca de 1.100 quilômetros de rodovias. A região será beneficiada ainda com a pavimentação de 195 km de estradas por meio do programa Caminhos de Minas, maior programa de pavimentação de estradas lançado este ano.

Reconhecimento
Durante a visita ao parque de exposições, o governador visitou estandes e foi saudado por centenas de pessoas entre produtores rurais, prefeitos, servidores públicos e moradores da cidade. Antonio Anastasia recebeu produtos de artesãos da região e comeu doces produzidos por doceiras de Carangola.

O diretor do Sindicato dos Produtores Rurais, Luciano Amorim, em nome dos produtores da região, destacou os investimentos do Governo de Minas que estimularam o crescimento do agronegócio no Estado e afirmou que Antonio Anastasia deve dar continuidade a esse trabalho.

“Antonio Anastasia está fazendo um trabalho muito bom, ajudando muito a nossa região. Devemos mantê-lo para dar continuidade a isso. O Governo de Minas sempre apoiou a nossa associação e esperamos que continue assim no próximo governo”, disse o sindicalista.
O prefeito de Reduto, Márcio Gerard (PDT) manifestou seu apoio ao governador e classificou a recuperação das estradas como uma revolução. À frente da administração de pequeno município de 6,6 mil habitantes, Márcio destacou que o Governo Aécio Neves/Antonio Anastasia atendeu a reivindicações históricas da população mineira.

“São reivindicações de 50, 60, 70 anos, que só conseguimos neste governo. Antes de Aécio e Anastasia, as prefeituras recebiam uma ambulância a cada quatro anos, e com muito custo. Agora, tem prefeitura daqui que recebeu três no ano passado”, disse o prefeito.

Apoio de professora
A professora Maria Filomena Marcolini, que trabalha na Escola Estadual Joaquim Bartolomeu Pedrosa, na cidade vizinha de Fervedouro, ficou emocionada ao conhecer de perto o governador de Minas Gerais. Com 23 anos de serviço público, ela fez questão de agradecer ao governador os avanços conquistados pelas escolas públicas mineiras nos últimos oito anos.

“Nós professores contamos com ele. Desde que Aécio Neves entrou, e agora com Antonio Anastasia, por mais que muitos teimam em reconhecer, só tivemos avanços. Como professora, vejo que só tivemos melhorias na educação nessa gestão”, declarou a educadora.

03/08/2010 Posted by | Ação Sustentável, Meio Ambiente, politica, Responsabilidade Social | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário